O Plano do Eixo falhou!

O eixo U.S.A.-Israel-U.K. falhou rotundamente. A entrada das tropas Sionistas pelo Líbano dentro era o “isco” que tentaria fazer entrar na “arena” a Síria e o Irão, só que o plano deu “bufa” e agora…

Agora, o eixo vai ter que descalçar a bota em que enfiou a patorra, vamos ver como.

Os E.U.A., estão desgastados e enfiados num molho de bróculos no Iraque

O U.K. sem força nem apoio interno

Chegou o momento do Estado Terrorista Judaico arcar com as despesas maiores, já que na invasão do Iraque o plano do eixo ordenava que estes ficassem muito quietinhos à espera da segunda leva, e isto não está fácil.

Os Iranianos e os Sírios não são burros, pois é!

Anúncios

8 Responses to O Plano do Eixo falhou!

  1. Excelente visão da realidade. Gostei muito do blog!

  2. hammer diz:

    e vão levar nos coiratos…

  3. manel diz:

    Amigo António:
    Essa teoria da conspiração até nem é tão estapafúrdia assim.

    Nos anos 50 A frança e a Inglaterra gizaram com o beneplácito de Israel, um plano para a tomada do Suez a Nasser (não conto aqui os pormenores)para a tomada do Suez a Nasser.
    O que é certo é que foram pelo Sinai abaixo e só foram travados à vista do canal, muito a contra-gosto, diga-se, pela inesperada iniciativa de paz dos USA.
    Com um passado assim destes “amigos”, quem não suspeitaria de uma conspiraçãozinha? mas quem?

    Aquele abraço

  4. Israel não tem alternativa e vai ter mesmo que parar antes de ter a confirmação da destruição dos mísseis do Hesbollah. Mesmo a tentativa de criar uma zona tampão dentro do Líbano por forma a evitar no futuro eventuais ataques, não vai quanto a mim ter qualquer êxito, pois era o que faltava eles ocuparem uma zona dum país soberano a seu belo prazer e com o argumento já gasto do combate ao terrorismo. O procedimento de Israel nestes bombardeamentos ao Líbano, não só não vai contribuir mínimamente para ficarem em Paz como aumentaram substancialmente os número de povos que os passaram a odiar. Já não são só os Árabes. Aquele abraço do Raul

  5. diz:

    Não basta decifrar o jogo dos trapaceiros, é urgente que os simpatizantes daquele “eixo” entendam de uma vez por todas, que enquanto houver um Americano chalado e ou um Judeu rico o terrorismo não acaba nunca.

  6. Biranta diz:

    Mais um Massacre!
    Até Quando, Meu Deus!

    “”O que está acontecendo na Palestina, não é justificável por nenhuma moralidade ou código de ética. Certamente, seria um crime contra a humanidade reduzir o orgulho árabe para que a Palestina fosse entregue aos judeus parcialmente ou totalmente como o lar nacional judaico.”
    Gandhi

    O Destaque das notícias de hoje, dia 2006-07-30:

    O ataque aéreo israelita esta madrugada (pouco depois da uma da manhã, apanhando todos a dormir) em Canãa, no Sul do Líbano, matou mais de 60 civis entre os quais 37 crianças e 9 mulheres. O balanço não é definitivo, podendo aumentar o número de vítimas, sob os escombros.

    Sobe, assim, para 504 o número de mortos resultantes dos ataques de Israel, durante os últimos 19 dias.

    O prédio atingido pelo míssil albergava, inclusive, refugiados vindos duma outra povoação…
    Este tem sido o calvário daqueles povos perseguidos por Israel: fugir dum lado para o outro e continuar a fugir (os que sobrevivem a estes massacres premeditados e sistemáticos).

    Israel diz que o alvo era uma base de lançamento de mísseis do Hezbollah. José Rodrigues dos Santos disse, em directo, que, chegado ao local pouco depois do ataque, não viu quaisquer vestígios da existência de material de guerra…

    Agora eu não tenho dúvidas de que o rapto dos soldados Israelitas foi encenado, encomendado, o que se quiser, para servir de pretexto a mais este rol de crimes de Israel. O verdadeiro objectivo é prosseguir os massacres. Israel também usa aquele procedimento dos USA de “fabricar terroristas” (é para isso que mantem presos uma enorme quantidade de palestinianois, incluindo crianças), para depois cometer todos estes actos de chacina pretextando o terrorismo. Ainda haveremos de concluir, um dia, que alguns desses actos são cometidos por espiões provocadores…

    Israel bombardeou, deliberadamente, um prédio cheio de civis?
    Nãão?!
    Eles nunca seriam capazes duma coisa dessas! Ou seriam? Ou era esse o objectivo desde o início?

    Vejamos como os cronistas relatam alguns dos piores momentos deste conflito:
    Continua em Sociocracia

  7. macillum diz:

    Não tinha visto as coisas por esse prisma: o que o gang da nova ordem mundial andava à procura era de uma reacção rápida do Irão e da Síria… mas tal não aconteceu.
    Mas, por outro lado, não haverá ouro sificiente por parte dos E.U.A., da O.N.U., das famílias abastadas, para continuar a investir em armamento por tempo indefinido, levando até, possivelmente, Israel a avançar pelo Líbano dentro até à fronteira com a Síria? Já muito foi investido e muito mais continuará a ser investido: o que é certo é que, independentemente de ser a sua interpretação, ou a minha interpretação alternativa, a que mais se aproxima da verdade, “eles” encontrarão maneira de democratizar o Líbano, a Síria e o Irão. Não está e não vai ser fácil, mas é quase todo um planeta contra meia dúzia de países.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s